Notícias

Auxílio Emergencial: Caixa começa a pagar 2ª parcela de R$ 300 a trabalhadores fora do Bolsa Família; saiba quem recebe nesta sexta

30 de Outubro de 2020 às 03:00:28


Para trabalhadores que fazem parte do Bolsa, Caixa conclui pagamento da segunda parcela de R$ 300 do benefício. A Caixa Econômica Federal (CEF) começa a pagar nesta sexta-feira (30) a segunda parcela de R$ 300 a trabalhadores beneficiários do Auxílio Emergencial que não fazem parte do Bolsa Família. Também nesta sexta, a Caixa conclui o pagamento da mesma parcela para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa. Ao todo, 5,2 milhões de trabalhadores vão receber ao menos uma parcela do Auxílio nesta sexta. Para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa, o pagamento é para aqueles cujo número do NIS encerra em 0. Para os demais, os pagamentos é para os nascidos em janeiro: 2,9 milhões vão receber parcela de R$ 300, enquanto 700 mil trabalhadores ainda terão parcela de R$ 600 - entre eles 8 mil novos aprovados. Veja o calendário completo de pagamentos do Auxílio Emergencial Veja como serão os pagamentos de R$ 300 e tire dúvidas Saiba como liberar a conta bloqueada no aplicativo Caixa Tem Tira dúvidas sobre o Auxílio Emergencial SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL Para os trabalhadores fora do Bolsa Família, a ajuda paga nesta sexta será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta quinta serão liberados no dia 7 de novembro (veja nos calendários mais abaixo). VEJA QUEM RECEBE NESTA SEXTA: 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS encerra em 0, recebem a 2ª parcela de R$ 300 700 mil trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a próxima parcela de R$ 600: - aprovados que já receberam 4 parcelas recebem a quinta parcela; - aprovados que já receberam 3 parcelas recebem a quarta parcela; - aprovados que já receberam 2 parcelas recebem a terceira parcela; - aprovados que já receberam 1 parcela recebem a segunda parcela; - novos aprovados recebem a primeira parcela. 2,9 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem parcela de R$ 300: - trabalhadores que receberam as 5 parcelas de R$ 600 recebem a primeira de R$ 300; - trabalhadores que já receberam a primeira parcela de R$ 300 recebem a segunda. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. Calendários de pagamento Veja abaixo os calendários de pagamento. BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA Auxílio Emergencial - Beneficiários do Bolsa Família Economia G1 BENEFICIÁRIOS FORA DO BOLSA FAMÍLIA Clique aqui para ver o calendário completo dos pagamentos VÍDEOS: as últimas notícias sobre o Auxílio Emergencial a

Totvs tem alta de 4% no lucro ajustado do 3º trimestre

30 de Outubro de 2020 às 00:30:36


Divisão de tecnologia da empresa registrou alta de 9,4% na receita líquida, com o total de despesas subindo cerca de 15%. Totvs teve lucro líquido ajustado de R$ 82,5 milhões de julho a setembro Divulgação A produtora de software corporativo Totvs teve leve alta no lucro líquido ajustado do terceiro trimestre, com o resultado operacional vindo melhor que o esperado por analistas. A companhia, que tenta comprar a rival Linx em uma disputa contra a processadora de pagamentos Stone, teve lucro líquido ajustado de R$ 82,5 milhões de julho a setembro, alta de 3,8% no comparativo anual. O desempenho operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado cresceu 34%, para R$ 161,4 milhões, acima dos R$ 140,8 milhões esperados, em média, por analistas, segundo dados da Refinitiv. A divisão de tecnologia da empresa registrou alta de 9,4% na receita líquida, com o total de despesas subindo cerca de 15%. A empresa afirmou que a provisão para inadimplência subiu 31,7% no período, para cerca de R$ 8 milhões, enquanto as despesas gerais e administrativas cresceram 28%. A Totvs afirmou que como percentual da receita líquida, porém, a provisão caiu de 3,3% para 1,3%. "O avanço no cenário de crédito ainda não foi suficiente para trazer a PCLD ao patamar de 1% da receita líquida de tecnologia do terceiro trimestre de 2019", disse a companhia. Já a divisão de produtos de crédito viu a receita cair 11%, a 48,6 milhões de reais. O Ebitda da unidade recuou quase 27%.